Cemitério Quarta Parada, antiguidade em funcionamento

Cemitério Quarta Parada, antiguidade em funcionamento

 

Cemitério Quarta Parada ou como é comumente chamado, cemitério do Brás é um dos mais famosos cemitérios de São Paulo, especificamente da capital paulista. Está em atividade a mais de 100 anos! Possui uma área construída de mais ou menos 183 mil metros quadrados onde estão alocadas milhares de sepulturas com diferentes tipos de pessoas, famosos, políticos, chefes de estado e demais personalidades públicas.

Entrada do Cemitério Quarta Parada

Cemitério Quarta Parada – Entrada

O nome “Quarta Parada” nasceu pelo motivo do Cemitério Quarta Parada estar localizado onde os trens do início do século XX faziam a sua quarta parada. A estrada faz ligação até a cidade Cachoeira Paulista e passa pelo Cemitério Quarta Parada. Atualmente a linha férrea não está em atividade ou está sendo pouco usada. É um dos cemitérios mais populares da cidade, por isso um dos mais visitados. Todos os anos, principalmente no dia de finados mais de 100 mil pessoas visitam o Cemitério Quarta Parada. Lá estão enterradas diversas personalidades, como falado acima, dentre elas Arnaldo Rosa, Felisbina Muller, Jacinto Figueira Jr… Veremos um pouco de cada um deles ao fim desta notícia.

Cemitério Quarta Parada, como é feito o velório?

 

Vista do Quarta Parada do Tatuapé

Vista do Quarta Parada do Tatuapé

No Cemitério Quarta Parada são realizados dezenas de velórios todos os meses. O processo de exumação também é muito frequente, principalmente pelo grande número de sepulturas. As pessoas procuram a exumação para fazer a retirada dos corpos e logo em seguida a cremação dos ossos. Esta cremação normalmente é feita no Crematório Vila Alpina, no estado de São Paulo. Os serviços de sepultamento e velório no Cemitério Quarta Parada precisam ser pré-estabelecidos no contrato com a funerária. Assim, o velório pode ocorrer normalmente sem complicações. É comum as famílias não informarem onde será feito o velório e atrasando todo o procedimento, com isso, os amigos e familiares ficam sentidos. Então faça os procedimentos corretos para poder dar um descanso final a seu ente querido corretamente.

 

Cemitério Quarta Parada, coroas de flores para o velório

 

cemitério quarta parada

Vista aérea do Cemitério Quarta Parada (Canto Inferior Esquerdo)

Para que o momento do velório ou do sepultamento seja algo especial, encomende coroa de flores. As coroas possuem um significado muito especial para as pessoas. Basta acessar o site Coroa de Flores São Paulo e encomendar as coroas necessárias. Lembrando, a entrega é de uma hora, isto mesmo. A faixa de homenagem e o frete são grátis! Torne o momento de partida o melhor possível com as coroas de flores.

 

Cemitério Quarta Parada, personalidades famosas

 

Vicente Matheus Zamora – Morte 08/02/1997

Vicente é considerado um dos maiores responsáveis pelo sucesso do futebol Brasileiro. Está enterrado no Cemitério Quarta Parada desde 1997. Sobre o seu caixão estava um disco de bronze o qual foi roubado. No ano de 2008 o local onde estava enterrado foi interditado, até hoje não se sabe ao certo o motivo, nem pela prefeitura quanto pela administração do Cemitério Quarta Parada.

Santa Felisbina Muller – Morte 1923

A história desta mulher é praticamente desconhecida. Apenas sabe-se o ano de seu sepultamento, que foi em 1923. Após alguns anos de sua morte o seu corpo sofreu o processo de exumação onde foi encontrado intacto. O mesmo “milagre” aconteceu quando fizeram mais duas exumações. Nos livros do cemitério onde ela está enterrada não se encontra registro algum. O único registro que se encontra é de 1941, mas este registro é de 19 anos apos a sua morte. Pessoas que lhe atribuem milagres aparecem no Cemitério Quarta Parada para visita-la.

Jacinto Figueira Jr. – Morte 27/12/2005

Jornalista ousado e muito inovador, Jacinto Figueira Júnior ficou muito conhecido na década de 60 por ser o Homem do Sapato Branco. O ilustre jornalista dizia que quem usava sapatos brancos era pessoa do bem, como os médicos. Trabalhou em algumas emissoras de televisão como SBT, Band e a Rede Globo e na antiga e hoje extinta Rede Nacional. Jacinto morreu aos 78 anos devido a uma parada múltipla de órgãos após ter sofrido um derrame.

Arnaldo Rosa – Morte 11/02/2000

Arnaldo, líder e co-fundador do famoso Grupo Demônios da Garoa na década de 40′. Fez uma bela parceria com o músico Adoniran Barbosa. Arnaldo morreu devido a uma hemorragia digestiva. Faleceu no Hospital São Lucas em São Paulo. Faleceu no Hospital São Lucas, em São Paulo, vítima de hemorragia digestiva aos 71 anos. A música Trem das Onze foi tocada no dia de seu velório no Cemitério Quarta Parada.

COROAS DE FLORES 24H (11) 2366-0498 >>                                                         CREMAÇÃO DE OSSADA - EQUIPE ESPECIALIZADA (11) 3071-1325 >>                                                         COROAS DE FLORES 24H (11) 2366-0498 >>                                                         CREMAÇÃO DE OSSADA - EQUIPE ESPECIALIZADA (11) 3071-1325 >>                                                         COROAS DE FLORES 24H (11) 2366-0498 >>                                                         CREMAÇÃO DE OSSADA - EQUIPE ESPECIALIZADA (11) 3071-1325 >>                                                         COROAS DE FLORES 24H (11) 2366-0498 >>                                                         CREMAÇÃO DE OSSADA - EQUIPE ESPECIALIZADA (11) 3071-1325 >>